Gravidez

Benefícios da uva na gravidez – Grávida pode comer uva?



Comer vários frutos durante a gravidez é uma dica bastante comum que você de certeza já recebeu de seus familiares e amigos. O que eles não lhe dizem é que frutas deve comer e quais deve evitar. Neste artigo vamos dizer-lhe se as uvas são saudáveis para a grávida e os benefícios da uva na gravidez.

Grávida pode comer uva?

Você pode comer uvas com moderação visto que elas oferecem uma variedade de nutrientes vitais como vitaminas, antioxidantes, ácidos orgânicos, fibras, ácidos fólicos, pectina, entre outros, que suportam as mudanças biológicas que ocorrem durante e após a gravidez. No entanto, você deve evitar comer uvas no último trimestre devido à propriedade de aquecimento que estas possuem.

O consumo excessivo de uvas pode ser tóxico devido ao seu alto teor em resveratrol.

Valor nutricional das uvas

  • Açúcares de glicose e frutose.
  • Rico complexo vitamínico – grupo A, C, K, P e B.
  • Ácidos orgânicos – cítrico, málico, ascórbico, tartárico e muito mais.
  • Antioxidantes como flavonol, antocianinas, linalol, geraniol, taninos e nerol.
  • Cálcio, ferro, potássio, cobalto, manganês e outros elementos.
  • A pele contém pectina e algumas fibras.
  • Compostos biologicamente ativos como fenóis.

Benefícios da uva na gravidez

Se a gestante adicionar a uva à sua dieta regular, isso pode influenciar sua condição de saúde, aparência e a saúde e desenvolvimento do bebê.

Leia ainda -   Grávida pode comer abacaxi? - Quais os benefícios e riscos

Controla artrite e asma

As propriedades anti-inflamatórias das uvas ajudam-na a controlar a artrite e a asma durante a gravidez. A habilidade hidratante desta fruta diminui a umidade nos pulmões, mantendo-o longe da asma.



Antioxidantes aumentam sua imunidade

As uvas são ricas em antioxidantes como flavonol, antocianinas, linalol, geraniol e taninos, que aumentam a sua imunidade e previnem infecções.

Magnésio melhora as câimbras musculares

Durante a gravidez, os suplementos de magnésio costumam ser prescritos para aliviar as câimbras, visto que estas possuem um papel proeminente na transmissão neuromuscular. As uvas possuem uma boa quantidade de magnésio.

Evita a prisão de ventre

As uvas são uma boa fonte de fibra e funcionam como um poderoso laxante. Este é outro dos benefícios da uva na gravidez, visto que elas curam a prisão de ventre que é bem comum na gestante e suportam o sistema digestivo.

Controla os níveis de colesterol

As uvas vermelhas contem compostos de resveratrol, que ajudam a controlar o colesterol durante a gravidez. Esta enzima melhora o desempenho da bile, que mantém a gordura no sangue regular.

Um copo de suco de uva todos os dias ajudará a diminuir a hipertensão.



O ácido ajuda a evitar cáries dentárias

Os ácidos orgânicos presentes nas uvas neutralizam bactérias na cavidade oral. Eles também são responsáveis ​​pela formação e manutenção do cálcio, que seus dentes necessitam durante a gravidez.



Os polifenóis protegem o coração

Durante a gravidez, a mãe poderá ter problemas cardíacos. Outro dos benefícios da uva na gravidez é que os polifenóis presentes nestas ampliam o suporte ao sistema cardíaco.

Rico em ferro, melhora os níveis de hemoglobina

As uvas possuem o elevado teor em ferro, que é essencial para manter um nível de hemoglobina saudável. Elas são especialmente bons para mulheres com anemia. As uvas vermelhas contêm mais ferro do que qualquer outra variedade de uva

Leia ainda -   Grávida pode comer camarão? - Riscos e benefícios do camarão na gravidez

Outros benefícios

Existem outros benefícios da uva na gravidez. Os componentes presentes nas uvas melhoram a visão e memória e estimulam a circulação cerebral. Logo, especialistas recomendam uvas frescas e suco de uva se você está sofrendo de fraqueza, cansaço, esgotamento nervoso ou estresse.

Quais são os benefícios da uva para seu bebê?

A vitamina B das uvas ajuda o metabolismo de seu corpo. Logo, o feto será beneficiado, pois irá receber mais nutrientes.



Minerais como sódio suportam o desenvolvimento do sistema nervoso do feto, enquanto que vitamina A e flavonol ajudam no desenvolvimento da visão. A presença de ácido fólico vai diminuir as hipóteses de defeitos no tubo neural.

Mas, antes de se instalar em um sofá com um copo com uvas, advertimos que você limite suas porções desta fruta. Como qualquer outro alimento, o excesso de consumo de uvas pode ser prejudicial.

Quando evitar as uvas durante a gravidez?

Se está em um dos seguintes grupos, você deve evitar comer uvas durante a gravidez, visto que pode ter sérias complicações.

  • Diabetes
  • Obesidade
  • Susceptível a alergias
  • Indigestão

Posso beber vinho tinto ou branco durante a gravidez?

benefícios da uva na gravidez em forma de vinho
Regra geral, seu médico vai proibir você de beber vinho durante a gravidez.

O excesso destas bebidas pode causar complicações na gravidez. A maior parte dos médicos desaconselham o consumo de qualquer quantidade de bebidas alcoólicas, categoria onde estes dois vinhos se inserem.

Quantas uvas pode uma diabética gestacional comer?

Você pode comer uvas, mas analise seu consumo de açúcar diário e certifique-se de que ele se encontra nos níveis aconselhados pelo seu médico.

Coma as uvas com frutas com baixo teor de açúcar e carboidratos. Por exemplo, você pode adicioná-las a framboesas e beterraba, ou misturar uvas vermelhas, verdes e pretas.

 

Você experimentou uvas enquanto esteve grávida? Qual é a sua maneira preferida de as usar em suas refeições? Comente em baixo as suas experiências e que outros benefícios da uva na gravidez conhece.






O conteúdo deste website é completamente informativo e não deve ser considerado como um diagnóstico médico. Procure um profissional de saúde para saber seu diagnóstico e opções de tratamento.