Gravidez

Como saber se estou grávida na primeira semana – Primeiros sintomas



Para a maior parte das mulheres, especialmente as que não planejaram uma gravidez, responder à pergunta como saber se estou grávida na primeira semana pode não ser fácil. Mesmo na segunda semana, os sintomas podem não ser detetados. Os ciclos mensais de várias mulheres são variáveis, por isso a maior parte assume que estes estão atrasados.

Não existem sintomas imediatos e óbvios durante a primeira semana de gravidez, mas há sinais que a podem indicar, como fatiga, perda de interesse em certas coisas, mudanças de humor e a vontade constante de urinar. No entanto, a maior parte das mulheres atribui estes sintomas à síndrome de tensão pré-menstrual, em vez de assumirem que estão grávidas.

O período menstrual dura aproximadamente 28 dias, apesar de poder variar entre 24 a 35 dias. Começa quando o óvulo deixa o ovário e viaja pelas trompas de falópio, onde pode encontrar esperma e ser fertilizado. A partir daí, o óvulo fertilizado viaja para o útero, onde ocorre a implantação.

Algumas pessoas especulam que a mulher não esteja mesmo grávida durante a primeira semana, visto que a fertilização ocorre apenas na segunda semana. Esta é a principal razão pela qual muitas das gravidezes não são detetadas na primeira semana e dificulta a resposta à pergunta como saber se estou grávida na primeira semana.

Como saber se estou grávida na primeira semana – Mudanças no corpo

Como saber se estou grávida na primeira semana através da indisposição
A ânsia de vômito é bastante comum numa fase inicial da gravidez.

É importante referir novamente que não ocorrem mudanças físicas notáveis durante a primeira semana de gravidez, apesar de ocorrerem bastantes mudanças internas. Sintomas comuns incluem problemas digestivos como gases, prisão de ventre, dor nos seios, fatiga, mudanças de humor, ânsia de vômito, especialmente matinal e mudanças hormonais.

Leia ainda -   Benefícios da manga na gravidez - 9 benefícios comprovados


Estes sintomas variam de mulher para mulher e a maior parte não as sente até ao início da terceira semana.

Se sua dieta não é perfeita, se bebe vinho regularmente, é improvável que isso afeta sua gravidez, pelo menos durante a primeira semana.

O desenvolvimento do seu bebê

Durante a primeira semana não ocorrem desenvolvimentos significativos no bebê, sem ser o facto de o óvulo deixar os ovários e viajar para as trompas de falópio. Tecnicamente, você ainda não está grávida, porque a concessão só ocorre duas semanas após o término do período menstrual.

No entanto, esta semana é incluída no calendário da gravidez para ajudar o médico a calcular o última dia do seu último período menstrual mensal. É a partir deste dia que o seu ciclo de 9 meses, ou 40 semanas em termos médicos, é calculado e a data de nascimento do seu bebê é determinada.



Uma vez que ocorre a fertilização do óvulo, as células começam a dividir nos próximos 7 a 10 dias. Durante a primeira semana o bebê é denominado por blastocito. O blastocito divide-se em duas partes, a externa que se vai tornar na placenta e a interna, que será o embrião, durante a segunda semana de gravidez.



Se mais de um ovo é liberado e fertilizado, podem formar-se zigotos múltiplos. Os zigotos possuem 46 cromossomos, um número igual de cada pai, e os cromossomos têm material genético neles que determinam o sexo do bebê, cor do cabelo, características, cor da pele, altura e cor dos olhos.

Dicas para a primeira semana de gravidez

homem beijando barriga de grávida
A gravidez provoca grandes alterações no corpo da mulher.

Agora que já tem a resposta à pergunta como saber se estou grávida na primeira semana, você pode começar por colocar em prática algumas dicas que podem ajudar ao desenvolvimento saudável do seu bebê.

Leia ainda -   Grávida pode tomar chá de camomila? - Benefícios e riscos da camomila

Se planejava a gravidez, a primeira semana será de alegria e antecipação. Se você monitorou a temperatura corporal basal da manhã, verá que sua temperatura permanece elevada além do dia 16 da sua fase lútea (após a ovulação).

Este é o primeiro sinal físico que indica a gravidez. Leve este tempo para contactar o seu obstetra e marcar uma consulta e mude seus hábitos alimentares e físicos se ainda não o fez.

Se você toma medicação e ainda não a discutiu com seu médico, é a altura ideal para o contactar e tirar todas as dúvidas, como se é possível continuar a tomar a mesma medicação durante toda a gravidez ou se tem de mudar ou até parar completamente. Você também pode começar a tomar vitaminas e minerais como ácido fólico.



Esperamos ter respondido à pergunta como saber se estou grávida na primeira semana e que tenha gostado deste artigo. Partilhe as suas experiências na caixa de comentários.



Como saber se estou grávida na primeira semana – Primeiros sintomas
Classifique a utilidade deste artigo



O conteúdo deste website é completamente informativo e não deve ser considerado como um diagnóstico médico. Procure um profissional de saúde para saber seu diagnóstico e opções de tratamento.