dor de cabeça
Tontura

Tontura ao deitar – Causas e Prevenção



A tontura ao deitar é mais comum nos idosos, mas pode ocorrer a pessoas de qualquer faixa etária. A maior parte dos pacientes sente-se fora de equilíbrio, tonto e com uma sensação de desmaio.

Dor na nuca e tontura, tontura e fraqueza e tontura ao acordar são outras variações comuns do problema.

O que causa a tontura ao deitar?

Os pacientes queixam-se de tonturas quando se deitam ou quando se estão a levantar a partir de uma posição horizontal. Os próximos fatores podem explicar a causa das suas tonturas ao deitar.

Vertigem posicional paroxística benigna

A vertigem posicional paroxística benigna, que faz com que sinta que o mundo está a rodar à sua volta, é uma das mais frequentes razões que explicam as tonturas ao deitar.

Esta condição ocorre pois existem uma série de pequenos cristais de carbonato de cálcio que acabam por se deslocar para o canal semicircular lateral, anterior ou posterior. Isto vai gerar sintomas breves e repetidos, de entre os quais se destacam as vertigens.



Cerca de 40% dos casos de VPPB ocorrem sem causa aparente. 20% dos casos ocorrem devido a leves traumatismos na cabeça. Outras causas conhecidas são as enxaquecas, doenças de ouvido, doença de Meniere, neurite vestibular, otite média e cirurgias da cabeça.

A sensação de tontura pode acontecer durante poucos segundos até dois minutos e é mais comum em pacientes idosos.

Tensão arterial baixa

A hipotensão também pode causar tonturas. A baixa tensão arterial é definida como tensão arterial inferior a 100 / 60 mmHg nas mulheres e inferior a 110 / 70 mmHg nos homens.

Leia ainda -   Dor na nuca e tontura - As causas mais comuns

Para além das tonturas, a descida da tensão arterial para o tipo de valores referidos também pode causar distúrbios de concentração e cansaço.

O aumento do consumo de água, a diminuição do consumo de bebidas alcoólicas, dietas saudáveis com maior quantidade de sal e meias de compressão para evitar a acumulação de sangue nas pernas são alguns dos tratamentos para o problema.



Labirintite

A labirintite é doença associada ao ouvido que afeta o labirinto, responsável pelo equilíbrio e audição. Esta infeção está normalmente associada a um vírus, como por exemplo os vírus que causam os resfriados e gripes, mas também pode ser causada uma infeção bacteriana.

Tonturas, dor no ouvido e febre são os sintomas mais comuns.

Medicação

medicação causa tontura ao deitar
Para descobrir os efeitos secundários de determinada medicação consulte o folheto da mesma.

As tonturas são um dos efeitos secundários de quase todos os tipos de medicação. Desta forma, se está a ser medicado é bem possível que esta seja a verdadeira causa da tontura ao deitar.



Visite o seu médico e procure alternativas.

Desidratação e calor

tontura hidratação
A água vai hidratar o corpo.

A desidratação provocada pela exposição a níveis de calor elevados, o exercício físico, grandes viagens de avião ou a fraca ingestão de líquidos ou comida são outras das causas da tontura ao deitar. A hipoglicemia, que ocorre quando o nível de açúcar no sangue se encontra muito baixo, é outra das causas comuns.



Idade

tonturas idade
A idade pode aumentar a frequência das tonturas.

Esta é uma das maiores causadoras da tontura ao deitar. Existem várias doenças associadas ao envelhecimento que podem resultar em agitação em várias partes do corpo e na inabilidade de o balancear.

Outras causas

  • Intoxicação por monóxido de carbono
  • Arritmias cardíacas como fibrilação arterial e um batimento cardíaco rápido e irregular
  • Hipoglicemia, quando o nível de açúcar no sangue está demasiado baixo
  • Insuficiência vertebrobasilar, que ocorre quando a parte de trás do cérebro não recebe ou está a receber sangue de forma reduzida
Leia ainda -   Tontura e fraqueza - 14 causas mais comuns

Quando procurar ajuda especializada

Se experienciar algum destes sintomas deve procurar ajuda médica o mais rapidamente possível.

  • Vômitos contínuos
  • Convulsões ou desmaios
  • Se as tonturas provem de uma lesão na cabeça
  • Se tem febre, cefaleia ou rigidez e dor no pescoço
  • Dor no peito, palpitações, fraqueza, mudanças na visão ou fala, dor de cabeça forte, falta de ar ou se não consegue mover um braço ou perna

Marque uma consulta se tem algum dos seguintes sintomas.



  • Tontura ao deitar pela primeira vez
  • Perda de audição
  • Tonturas após tomar medicação

Prevenção

  • Evite realizar mudanças rápidas na posição da cabeça ou corpo, especialmente ao deitar
  • Reduza a ingestão de substâncias que pioram a circulação do sangue, como cafeína, álcool, sal e tabaco
  • Beba líquidos regularmente
  • Tente aliviar o estresse, que também pode causar a sensação de desmaio
  • Evite substâncias às quais é alérgico
  • Se as suas tonturas são causadas por uma infeção, como gripe, resfriado ou outra infeção respiratória, comece os tratamentos o mais cedo possível

2 comentários

Clique aqui para comentar




O conteúdo deste website é completamente informativo e não deve ser considerado como um diagnóstico médico. Procure um profissional de saúde para saber seu diagnóstico e opções de tratamento.