Zona Genital

Coceira no saco escrotal: O que pode ser? – 9 causas e tratamentos

coceira no saco escrotal

A coceira no saco escrotal, o saco responsável por segurar seus testículos, não é incomum. Suar na área das virilhas após andar durante todo o dia ou praticar algum esporte pode causar uma coceira no saco mais forte que o normal. Até não tomar banho durante alguns dias pode ter um efeito semelhante.

Mas existem condições física e médicas que podem deixar seu saco com coceira. Algumas destas condições podem requerer que fale com seu médico sobre um plano de tratamentos ou medicação para cuidar da fonte da coceira.

O que pode ser a coceira no saco escrotal?

coceira no saco escrotal
A coceira no saco pode não ser fruto da falta de higiene.

Atrito ou irritação

A pele seca na zona dos genitais é bastante comum se você costuma andar muito ao sol em climas quentes e secos. Praticar exercício por um longo período de tempo também pode causar a irritação no saco escrotal. Em alguns casos mais extremos, a pele pode ficar tão machucada que até ocorre sangramento na área.

Alguns sintomas deste problema incluem:

  • sensação de pele seca ao toque
  • vermelhidão ou erupção cutânea na pele
  • cortes ou aberturas na superfície da pele

Infeções fúngicas

Muitos dos fungos são invisíveis ao olho humano. Eles vivem, normalmente, em colónias gigantes que também são raramente visíveis, mesmo quando vivem em seu corpo. Infeções fúngicas podem-se desenvolver com facilidade em sua área genital e no saco escrotal se você tem uma má higiene ou sexo desprotegido.

Também podem aparecer em outras partes do corpo, como no umbigo.

Uma das infeções mais comuns nos genitais é a Candidíase. O fungo Candida vive em seu corpo nos intestinos e pele. Se crescerem fora de controlo, eles podem causar uma infeção. Isto pode levar à coceira no saco escrotal. Um tipo diferente de fungo, chamado de dermatófito, também pode resultar em uma infecção semelhante.

Outros sintomas incluem:

  • dor ao urinar
  • ardência escrotal e ardência no pênis
  • inchaço no escroto e inchaço no pênis
  • pele avermelhada no escroto e pênis
  • mau cheiro no saco escrotal
  • pele seca

Herpes genital

O herpes genital é um tipo de infeção viral que se pode espalhar durante o ato sexual ou outro tipo de contato físico com a pele infetada. Você terá uma comichão extrema em seu saco escrotal durante o surto deste vírus. Outros sintomas do herpes genital incluem:

  • sentimento de exaustão ou doença
  • ardência e comichão no escroto e pênis
  • bolhinhas na área genital que abrem e se transformam em feridas
  • dor ao urinar

Gonorreia

A gonorreia é uma doença sexualmente transmissível causada por uma infeção bacteriana. Pode infetar sua área genital assim como a sua boca, garganta e reto. É facilmente espalhada se praticar sexo desprotegido.

A gonorreia pode deixá-lo com coceira no saco escrotal e inchado. Outros sintomas incluem:

  • ardência e dor ao urinar
  • corrimento no pênis verde, amarelo ou branco
  • dor nos testículos, especialmente um de cada vez

Verruga genital

As verrugas genitais são causadas pelo papilomavírus humano (HPV). Você pode não notar nas verrugas genitais, mesmo quando um surto ocorre, porque elas podem ser extremamente pequenas.

Como as verrugas em outras partes do seu corpo, as verrugas genitais geralmente se parecem com pequenos inchaços descoloridos que podem ou não gerar coceira. Elas geralmente têm forma de couve-flor e aparecem em grandes grupos junto com outras verrugas. Elas podem aparecer no seu escroto ou na parte interna da cocha. Este problema pode gerar um inchaço na área e tornar o sexo doloroso.

Clamídia

A clamídia é outra doença sexualmente transmissível transmitida por uma infeção bacteriana. Ela pode ser transmitida mesmo que você não ejacule durante o sexo. Como outras DST, ela também pode ser transmitida através do sexo genital, anal e oral.

Esta DST pode gerar a coceira e inchaço no saco escrotal. Normalmente apenas um dos testículos é afetado pela dor e pelo inchaço. Outros sintomas incluem:

  • corrimento verde, amarelo ou branco no pênis
  • dor ou ardência ao urinar
  • dor, sangramento ou corrimento do reto ou anus

Piolho púbico

Os piolhos pubianos são um tipo de piolho que vive nos pelos pubianos ao redor da sua área genital e em outros pelos com um aspeto igualmente áspero. Como outros tipos de piolhos, eles alimentam-se de seu sangue e não podem saltar ou voar. Podem apenas se transmitidos através do contato de uma pessoa que os esteja a alojar. Isto pode acontecer durante o sexo desprotegido ou tocando numa área com uma infestação deste tipo.

Os piolhos não conseguem espalhar doenças ou infeções quando se alimentam do seu sangue, mas podem fazer com que seu saco e área genital gere comichão. Você também pode notar uma substância em pó em sua roupa interior e pequenas manchas vermelhas ou azuis de picadas de piolho.

Tricomoníase

A tricomoníase é uma DST bacteriana causada pela bactéria Trichomonas vaginalis. É mais comum nas mulheres, mas também pode ser passada aos homens através do sexo desprotegido. Muitas das pessoas com esta infeção nunca chegam a ter sintomas, mas esta DST pode causar irritação ou inflamação que fazem dor na hora do ato sexual.

A tricomoníase pode causar a coceira no saco escrotal e outros sintomas como:

  • sentimento de coceira no interior do pênis
  • corrimento verde, branco ou amarelo do pênis
  • dor ou sensação de ardência ao urinar ou a ejacular durante o sexo

Sarna

A sarna é uma infecção da pele causada por um ácaro. O ácaro Sarcoptes scabiei, é passado quando você tem contato direto da pele de uma pessoa infectada.

Pode levar várias semanas para que os sintomas apareçam após a infecção. Sintomas comuns incluem coceira e erupção cutânea. Pessoas com sarna também experimentam sintomas intensos de coceira no saco escrotal à noite.

Como tratar e remédios para coceira no saco escrotal

médico a trabalhar
Discuta seus sintomas secundários com um profissional de saúde.

O tratamento para este tipo de coceira depende, como sempre, da causa que está na origem deste problema.

Para tratar o atrito ou irritação

Este problema pode ser tratamento com recurso a loções ou pós que previnam o contato entre a pele e outra superfície, seja ela pele ou até as suas calças. Usar gaze para cobrir uma área irritada também pode ajudar a diminuir a coceira.

Para tratar infeções fúngicas

As infeções fúngicas podem desaparecer sozinhas, mas você pode ter de ser tratado com creme e pomada para coceira no saco escrotal antibiótica ou antifúngica. Visite seu médico e procure aconselhamentos sobre a medicação que deve tomar se acha que esta é a causa da coceira no saco escrotal.

Para tratar herpes genital

Pode ser necessário tomar medicação antiviral, como valaciclovir (Valtrex) ou aciclovir (Zovirax), para um surto de herpes genital. O tratamento dura cerca de uma semana, mas você pode precisar de medicação a longo prazo se tiver surtos frequentes de coceira no saco escrotal.

Para tratar a gonorreia

As infeções por gonorreia podem ser tratadas e curadas com recurso a medicação com prescrição médica. Informe-se com seu médico acerca do tratamento assim que notar os sintomas. Implicações a longo prazo da gonorreia como a infertilidade não podem ser curadas, portanto não perca tempo.

Para tratar verrugas genitais

As verrugas genitais podem ser tratadas com pomada para coceira no saco escrotal, como imiquimod (Aldara) e podofilox (Condylox). Em alguns casos, o médico pode precisar remover as verrugas congelando-as (crioterapia) ou realizando uma cirurgia.

Para tratar a clamídia

A clamídia pode ser tratada com medicação como azitromicina ou doxiciclina. Você terá de esperar pelo menos uma semana após o tratamento para voltar a ter relações sexuais.

Para tratar dos piolhos púbicos

Os piolhos púbico podem ser tratados com medicação prescrita pelo seu médico ou com medicação sem receita médica. Lavar bem a área afetada e aplicar a medicação ajuda a matar muitos dos piolhos. Você pode comprar um kit para remoção de piolhos em muitas farmácias.

Para tratar a tricomoníase

A tricomoníase pode ser tratada com uma dose grande (muitas vezes chamada megadose) de tinidazol ou metronidazol. Depois de tomar a medicação, não faça sexo novamente durante pelo menos uma semana.

Para tratar a sarna

Seu médico pode prescrever loções, cremes e pomadas para coceira no saco escrotal e sarna. A maioria dos tratamentos tópicos para a sarna são aplicados à noite, quando a sarna é mais ativa e são depois lavados pela manhã.

Cuidados a ter com a coceira no saco escrotal

Tomar duches regulares, especialmente em fazes de maior calor, pode ajudar a prevenir as causas mais comuns desta coceira, incluindo irritação e infeções fúngicas. Tome banho pelo menos uma vez por dia se esteve no exterior por um grande período, especialmente se suou muito.

Usar preservativos ou outro método contraceptivo durante o sexo ajuda a evitar uma grande variedade de doenças sexualmente transmissíveis. Fazer exames regulares para as DST, especialmente se é sexualmente ativo, pode informá-lo sobre sua saúde sexual e preveni-lo de espalhar estas doenças sem o seu conhecimento.

Coceira no saco escrotal: O que pode ser? – 9 causas e tratamentos
4.9 (97.14%) 7 votos
Drª. Larissa Carvalho

Drª. Larissa Carvalho

Drª. Larissa Carvalho, formada em Medicina pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública e especialista em Clínica Geral.

Criou o Saúde SOS para permitir um acesso simplificado a artigo na área da saúde e bem estar.

Comentar

Clique aqui para comentar

O conteúdo deste website é meramente informativo e não deve ser considerado como um diagnóstico médico presencial. Procure um profissional de saúde para saber seu diagnóstico e opções de tratamento.