Saúde Tosse

Tosse: Qual é a diferença entre resfriado e alergia?

tosse seca noturna
A tosse noturna impede um sono reconfortante e descansado.

As tosses irritativas são muitas das vezes os primeiros sintomas de um resfriado, mas são também um sistema muito comum das alergias. Como é possível saber se a causa real da tosse é o resfriado ou uma alergia? Há algumas diferenças chave sobre o qual o vamos informar e que podem ser decisivas para o combate preciso e eficaz da tosse.

O que acontece quando uma pessoa tosse?

O ato de tossir é um reflexo que ajuda a proteger os seus pulmões de substâncias irritativas ou perigosas de meio. Nestas substâncias estão incluídos alérgenos, vírus, bactérias e o simples fumo. Tossir ajuda também a desimpedir as suas vias respiratórias do excesso de muco, que é produzido em grandes quantidades durante resfriados, alergias e devido a outras doenças como  a gripe.

Qual é a diferença entre um resfriado e uma alergia?

Os resfriados e as alergias possuem bastantes sintomas em comum, como a tosse, coriza (inflamação da mucosa nasal) e os cansativos espirros. Se a pessoa tem asma, ambas as condições podem causar falta de ar ou até pieira.

Apesar das parecenças, os resfriados e alergias são doenças diferentes com causas também diferentes.

Alergias:

  • São causadas por uma sensibilidade anormal do nosso sistema imunitário a substâncias, alérgenos, que são normalmente inofensivos ao nosso corpo. Alguns exemplos são a poeira, o pólen ou pêlo de animal
  • Não são infecciosas ou contagiantes
  • São irregulares no sentido em que a tosse que ocorre durante a época do polén vai embora depois do acabamento da época
  • Podem incluir frequentes e duradouros sintomas nas pessoas com uma ou múltiplas alergias
  • Causam tosse de forma menos frequente que os resfriados
  • Causam frequentemente irritações nos olhos
  • Não causam dores de corpo, febre ou glândulas inchadas
Leia ainda -   Xarope para tosse com catarro

Existem vários xaropes e remédios caseiros bons para a tosse alérgica.

Resfriados:

  • Acontecem devido a uma infeção viral no nariz ou garganta
  • São sempre infecciosas e contagiosas. Por exemplo, no caso de a tosse ter origem num resfriado, outros indivíduos que partilham os mesmos ambientes que a pessoa infetada podem também vir a ter tosse
  • Ocorre com muita mais frequência no inverno
  • Os sintomas permanecem, geralmente, durante uma ou duas semanas
  • Raramente causam irritação nos olhos
  • Causam mais tosse que as alergias
  • Normalmente estão associados a outros sintomas, tais como garganta seca e por vezes febre, dores por todo o corpo ou glândulas inchadas

Como é que o médico distingue uma tosse alérgica de uma tosse de resfriado?

A melhor maneira para determinar se o individuo possui uma infeção respiratória ou uma alergia é marcando uma visita ao médico ou pediatra. O profissional de saúde vai então fazer uma lista de todos os sintomas e da sua duração. De uma forma geral a tosse alérgica está associada a olhos aguados e irritados e secreções aquosas a partir do nariz. Para além disso, muitas das pessoas que sofrem de alergias possuem círculos negro por baixo dos seus olhos.

A tosse devido a resfriado acaba, normalmente, após 14 dias. O resfriado pode estar ainda associado a dores de cabeça e a baixa febre, que não ocorrem na tosse alérgica.

O indivíduo pode ajudar o médico a diagnosticar a doença se mantiver registo de quando e com que frequências os sintomas ocorreram e que atividades foram realizadas aquando do começo da tosse.

 

Tosse: Qual é a diferença entre resfriado e alergia?
5 (100%) 1 voto
Drª. Larissa Carvalho

Drª. Larissa Carvalho

Drª. Larissa Carvalho, formada em Medicina pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública e especialista em Clínica Geral.

Criou o Saúde SOS para permitir um acesso simplificado a artigo na área da saúde e bem estar.

Comentar

Clique aqui para comentar

O conteúdo deste website é meramente informativo e não deve ser considerado como um diagnóstico médico presencial. Procure um profissional de saúde para saber seu diagnóstico e opções de tratamento.